Dilema de viver bem de música

A música é uma grande democracia.
Qualquer um pode viver como musico, sem precisar, se quer, de uma faculdade, sem precisar provar sua capacidade ou qualquer outra coisa.
A música é uma arte democrática e se associa com o público de inúmeras maneiras, tanto de formas simplistas tal como complexas.
Muitas pessoas, que buscam se desenvolver como musico, acabam se decepcionando, com o fato de que, muitos músicos de sucesso são músicos medíocres.
O retorno financeiro e de público no mundo musical não está diretamente ligado a qualidade, mas sim ligada à condição do produto musical se conectar com as pessoas.
Quanto maior o poder do produto musical de se comunicar com as massas, maior a possibilidade de retorno financeiro, fama e etc.
A grande questão é: se você é um musico de excelência, você pode fazer escolhas, tanto a escolha de tocar músicas para a massa quanto para nichos.
Se você é um musico medíocre você contará muito menos com sua capacidade musical técnica e muito mais com eventos externos.
O musico que busca constantemente o seu desenvolvimento precisa aprender mais sobre o mercado que atua e não ficar parado na expectativa de qua apenas a sua capacidade musical é suficiente para gerar trabalho.
O musico medíocre de sucesso não tem que ser referencial musical para aqueles que buscam suceder como musico, mas podem ser referencial de posicionamento de mercado, marketing, acessibilidade e etc.
Você não precisa desistir da sua busca pelo crescimento, mas precisa abrir a mente e se ver como um trabalhador inserido num contexto global.

chimbinha.

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email